2ª Sessão

12 de dezembro de 2017 | Anf. 3.2.14 | 16:30

“Os cálculos de ontem e de hoje”
Carlos Albuquerque (DM – Ciências, ULisboa)

Em dia de aniversários, vamos (re)descobrir o cálculo numérico e o seu valor, explorando as relações com o cálculo infinitesimal. Vamos falar de exemplos históricos e do trabalho ligado ao cálculo numérico de um dos aniversariantes: Sebastião e Silva.

RESUMO: O cálculo numérico acompanha desde sempre a matemática e as suas aplicações. Ao longo dos últimos séculos cresceu muito a utilização do cálculo numérico, apoiada na evolução de máquinas e métodos cada vem mais rápidos e sofisticados.
Ao mesmo tempo desenvolveu-se o cálculo infinitesimal e depois a análise infinitesimal. Estes cálculos mantiveram relações profundas nem sempre evidentes. Sebastião e Silva, que faria anos no dia da palestra, desenvolveu também trabalho de investigação em métodos numéricos e propôs a utilização destas ligações no ensino secundário.

Vamos viajar por diversas histórias ao longo do tempo, até aos dias de hoje, com duas questões: como estão presentes os cálculos na nossa vida e o que é que deve estar nos programas escolares?