Sessão Janeiro

15 de janeiro de 2019 | Anf. 6.1.36 | 16:30

“Perspectivas Esféricas e Anamorfoses Imersivas, ou a Curiosa Arte de Desenhar sobre a Esfera Visual”

António Araújo (Universidade Aberta)

Resumo:

Nesta palestra veremos como se pode desenhar em Perspectiva Esférica – com régua e compasso, ou mesmo “à mão” – imagens que capturam numa única folha tudo aquilo que nos rodeia. Estes desenhos podem por sua vez ser visualizados de forma imersiva usando o mesmo software de Realidade Virtual que permite visualizar fotografias “a 360 graus”

(http://www.univ-ab.pt/~aaraujo/equirectangular.html)

Veremos ainda que isto é apenas a encarnação mais recente de uma classe de ilusões visuais que têm tomado as mais diversas formas desde o Renascimento, com variadas técnicas e suportes, mas baseadas num mesmo princípio geométrico: a Anamorfose.

Discutiremos finalmente como esse princípio clarifica a natureza das perspectivas curvilíneas (e mesmo da clássica) enquanto objectos matemáticos.

 

Sessão Outubro

16 de outubro de 2018 | Anf. 6.1.36 | 17:00

“Matemática na Teoria da Evolução”

Fabio Chalub (DM e CAM/FCT/NOVA)

RESUMO: A teoria da Evolução, originalmente proposta pelo naturalista inglês Charles Darwin, não foi inicialmente formulada em termos matemáticos. No entanto, ideias muito importantes em matemática estavam todas lá! Nesta palestra, mostraremos como durante o século XX a compreensão da evolução biológica passou de um modelo verbal para um modelo rigoroso.

 

 

Novas sessões do ciclo

O ciclo de palestras “Matemática às Terças” tem nova edição em 2018/19.

As sessões previstas, na terceira terça-feira de cada mês, no Anfiteatro 6.1.36 serão

  • 16 de outubro – 17h – Fabio Chalub – DM e CAM (FCT-UNL)

“A viagem de Darwin pela Matemática”     

  • 20 de novembro – 16h30 – Fernando Ferreira – DM Ciências-ULisboa

“Números e Criptografia” 

  • 15 de janeiro – 16h30 – António Araújo – Univ. Aberta

“Perspectivas Esféricas e Anamorfoses Imersivas, ou a Curiosa Arte de Desenhar sobre a Esfera Visual” 

  • 19 de fevereiro – 16h30 – TBA

 

  • 19 de março -16h30 – Henrique Leitão -DHFC Ciencias-ULisboa

7ª sessão

15 de maio de 2018 | Anf. 3.2.14 | 17:00

“Infinito”

António Marques Fernandes (DM Técnico – ULisboa)

“A Matemática é a ciência do Infinito.” —Hermann Weyl (1930)

Resumo: A noção de Infinito desde cedo se impôs ao pensamento humano como uma peça fundamental e ao mesmo tempo imprescindível a esta actividade. Ainda assim, o Infinito constituiu sempre uma fonte, aparentemente inesgotável, de dificuldades que se ergueriam perante iniciativas de o racionalizar. É neste contexto que no início do século 20, David Hilbert, classifica o problema da clarificação do Infinito, como um dos mais importantes problemas aguardando uma solução. Esta conferência pretende ilustrar estas dificuldades e dar conta de “progressos” matemáticos no sentido da sua clarificação.